Japonesa paga a ACTOR durante 10 anos para se passar por PAI DA SUA FILHA


O abandono paterno é um dos maiores problemas enfrentados por mulheres em todo o mundo. Basta uma gravidez não esperada aparecer para muitos homens tomarem chá de sumiço. Nesses casos, a mãe solteira acaba tendo que arcar com toda a criação da criança sozinha. E isso não acarreta apenas em possíveis problemas financeiros para a mãe, mas também em trauma psicológico para os filhos.

Para a japonesa Asako, que não teve o sobrenome divulgado, isso não aconteceria: sua filha cresceria acreditando que o pai nunca a abandonou. O homem sumiu assim que ela nasceu e, ainda pequena, a menina começou a perguntar por ele. Conforme o tempo foi passando, a criança passou a ter problemas de comportamento e ir mal na escola, possivelmente resultado da ausência de seu pai.

Foi então que Asako resolveu contratar um actor para se passar por pai da menina. Isso, infelizmente, seria uma “mentirinha do bem”, mas acabou tomando grandes proporções, já que Asako nunca desmentiu a história, que já dura mais de 10 anos. No Japão, alugar uma pessoa já é uma realidade há algum tempo, mas normalmente isso é feito em ocasiões muito específicas.

O actor Takashi, que já havia sido noivo, namorado e amigo de outras clientes, achou que o papel de pai seria só mais um em seu currículo, mas não conseguiu se desenvencilhar dele até agora. Asako contou uma história mirabolante para a filha, explicando que o pai havia saído de casa e formado outra família, mas que estava disposto a retomar o contacto com ela. A coitadinha acreditou...

Os encontros aconteciam a cada 15 dias, e Takashi passou a ir a cinemas, festas e viagens com sua filha postiça. Rapidamente, o comportamento da menina melhorou consideravelmente. Seu rendimento na escola também deu um salto, e Asako tem plena certeza que está fazendo a coisa certa ao mentir para a filha durante mais de 10 anos.

Por enquanto, a japonesa teme como será a reacção da filha quando ela descobrir a verdade. A questão é bastante polémica, já que a menina sempre diz que ama o pai, que também retribui as palavras de afecto – ainda que esteja actuando ao dizer isso. Outro perigo é o verdadeiro pai aparecer, mas Asako acha que isso é bem improvável.

E você, caro leitor, o que faria no lugar dessas pessoas? Contrataria um pai de mentira? Aceitaria se passar por alguém que não é durante tanto tempo?

Fonte: Mega Curioso

Sem comentários:

Enviar um comentário

INFORMAÇÃO

Algumas fotografias utilizadas neste blog e alguns artigos são provenientes de outras fontes como Jornais, Revistas, Blogues, órgãos de comunicação social, bases fotográficas estrangeiras e motores de busca. Todos os artigos tem a fonte da foto e da noticia no final do mesmo. Se alguma entidade se sentir lesada ou não permitir a utilização de algum conteúdo utilizado neste sítio comunique-nos, por favor, e prontamente será retirado.